Projeto Tênis na Lagoa > Blog  > Tênis na Lagoa recebe a visita de Fabi Alvim, bicampeã olímpica de vôlei pelo Brasil

Tênis na Lagoa recebe a visita de Fabi Alvim, bicampeã olímpica de vôlei pelo Brasil

A atleta conversou com os alunos e falou sobre sua história no esporte

Foto: Fabi, de laranja, durante a visita no Tênis na Lagoa

De tempos em tempos, o Tênis na Lagoa convida atletas e artistas conhecidos nacionalmente para um encontro com as crianças e adolescentes do Projeto. Desta vez, a visitante ilustre foi Fabiana Alvim ou Fabi, multicampeã eleita melhor líbero nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. A ex-atleta de 40 anos tem uma longa e inspiradora história no esporte, sendo exemplo para jovens de todo o país que buscam um futuro na área.

A trajetória de Fabi começou como o de muitos alunos do Tênis na Lagoa, em um projeto social na cidade do Rio de Janeiro. Aos 13 anos, ela conquistou uma vaga no Clube de Regatas do Flamengo e somente após muito tempo de dedicação e sacrifícios em nome do esporte, a convocação para a Seleção Brasileira de Voleibol se tornou realidade em 2001. Ainda assim, muitos desafios seriam enfrentados pela atleta.

Com a mudança no comando da Seleção em 2003, Fabi perdeu espaço no time e foi cortada. Durante a visita ao Projeto, ela contou sobre suas frustrações, onde destacou ter ficado fora da convocação de Atenas como a pior delas. Fabi voltou a ser convocada em 2005, mas só se firmou como titular em 2006, ano em que venceu o Mundial no Japão. Continuou a se superar nos anos seguintes até se tornar campeã olímpica nos anos de 2008 e 2012.

Paulo Marconi, pai de Nicholas, que participa do Projeto há 3 anos, destaca a importância do contato com pessoas com histórias de superação como a de Fabi. “Ela disse que após ser cortada perguntou para o treinador o que poderia fazer para nunca mais ter aquela sensação na vida. A resposta foi dedicação total, treinar muito, mostrar na quadra porque merecia estar na Seleção, e ela conseguiu voltar. Esses são ótimos exemplos para os nossos filhos”, diz.

Vitória Almeida, atleta da equipe de competição do Tênis na Lagoa, afirma que aprendeu muito sobre valores como resiliência e representatividade durante a visita da atual comentarista esportiva do SporTV. “Gostei muito do fato dela ser uma “quebra-padrões” no vôlei por sua altura abaixo da média das jogadoras. Ela provavelmente motivou muitas meninas a seguirem seu exemplo e a não deixarem que esse tipo de coisa as impedisse de atingir suas metas”, diz.

Trazer inspirações positivas para os participantes do Projeto se tornou um objetivo de Alexandre Borges, fundador do Tênis na Lagoa. “Acreditamos que ao ter o contato com esses atletas nossos alunos veem as dificuldades reais e a determinação de pessoas que viraram o jogo”, afirma. E assim, ensinamentos como determinação, superação e a luta para ser melhor a cada dia vão se fazendo cada vez mais presente nas quadras.

Laryssa Bach

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Translate »